sexta-feira, março 16, 2007

Porque é que abres a boca para dizer o que não sentes, fazer promessas que não tencionas cumprir...? Porquê?
Porque é que me agarras, me prendes a ti, para logo de seguida me soltares?!?
Porque é que hoje és assim e amanhã és alguém que não reconheço?
Não te entendo, não te conheço… contigo nunca sei o que esperar… Odeio o que me fazes sentir, mas adoro cada minuto que partilhamos…
Não sei o que dizer, não sei o que sentir… Mas dói cada vez que vejo a mentira nos teus olhos…

3 comentários:

Tânia Pereira disse...

Conheço a sensação e estava a apaixonada, logo pronta a desculpabilizar tudo e mais alguma coisa! Exigência comnosco é uma saída possível, a outra é fechares os olhos para não veres a mentira mas com a consciência de que foges de algo, neste caso de ti e da tua verdade!

Bia disse...

Porque assim é! a maior parte das vezes, a culpa não é toda deles, em grande parte é nossa, porque sabe bem ouvir coisas lindas... mesmo muitas das vezes sabendo que não são assim tão verdadeiras...
é um "mal" comum...
Mas concordo contigo a mentira doi e vê-se nos olhos.

djamb disse...

Conheço tão bem a sensação!
Alguém que nos é próximo mas que nos magoa a cada palavra, que nos mente em cada momento, que nos seduz para as costas nos virar.

A minha pergunta é: Porque continuamos enfeitiçados? Porque não nos libertamos desta prisão?

(até mete raiva)

Bjinhos!